Quarta-feira, 28 de Março de 2007

Afinal o que é a droga?

DROGA é toda e qualquer substância, natural ou sintética que, introduzida no organismo modifica suas funções. As drogas naturais são obtidas através de determinadas plantas,de animais e de alguns minerais. Exemplo a cafeína (do café), a nicotina (presente no tabaco), o ópio (na papoula ) e o THC tetrahidrocanabiol (da maconha). As drogas sintéticas são fabricadas em laboratório, exigindo para isso técnicas especiais. O termo droga, presta-se a várias interpretações, mas comumente suscita a idéia de uma substância proibida, de uso ilegal e nocivo ao indivíduo, modificando-lhe as funções, as sensações, o humor e o comportamento. As drogas estão classificadas em três categorias: as estimulantes, os depressores e os perturbadores das atividades mentais. O termo droga envolve os analgésicos, estimulantes, alucinógenos , tranquilizantes e barbitúricos, além do álcool e substâncias voláteis. As psicotrópicas, são as drogas que tem tropismo e afetam o Sistema Nervoso Central, modificando as atividades psíquicas e o comportamento. Essas drogas podem ser absorvidas de várias formas: por injeção , por inalação, via oral, injeção intravenosa ou aplicadas via retal (supositório).

 

Retirado de www.antidrogas.com.br


Sempre fui  reticente a este tema. Porem, na minha modesta opinião acho que deviam ser livres. Podia assim acabar por deixar de ser a tentação e o fruto proibido que leva tanta gente a consumir. 

Ou não! Haverá sempre a duvida na minha maneira de pensar.

Acabaria essencialmente, a vida de luxo de quem a vende, que por diversas vezes mata sem piedade pela má qualidade de quem a consome, que destrói famílias inteiras, e que leva o individuo ao fundo do poço .

Vejo-os a passar diante de mim, nem reparam que os observo. Sinto pena..imensa , porque sei que mais dia menos dia serão encontrados numa valeta , mortos, sujos e sozinhos. Outros são presos, porque o vicio é tão grande que roubam para ter o seu "efeito magico".

Gostava que isso acabasse...que fossem dignos de viver, que as suas famílias os olhassem com orgulho, que os seus filhos os amassem, mas...acho que deve ser só o meu desejo para que não veja estes "farrapos ambulantes" diariamente a correr para a morte.

 Sei que estão  "agarrados "por vontade própria , mas não os condeno. A culpa não é exclusivamente deles,  mas sim de todos que viram a cara e aos que lhes incutem o vicio. Viciados estes que um dia foram alguém .

Já basta a droga da vida que muita gente tem.

 

 

sinto-me:

publicado por Maxima às 14:28
link do post | comentar | favorito

M@xima

pesquisar

 

Novembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
17

18
24

25
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Condemnation

Pensando

Regras dos homens

silencio

Facil demais

Feridas ocultas

Faz-me acreditar

Bliss

Disfarçe

Injustiças

Jura

Doce tentação

Caipirinhas

Sentir

Poderosa

A moment like this - Kell...

Fui-se-me

Fim de semana

23 de novembro

Valor do beijo

waiting for miracle

Longo dia

Sabia bem...

Inveja

Acidente matinal

Acidente

Mais um dia

ha dias e dias

Tailandia

Lugar de sonho

Fever

A Frente

Escolha

Em jejum (ainda)

Secretamente

Anedota do dia

Poliglota

Pinheiro

A minha compra

Amanha...

Saudades da neve

Já te disse?

Mais algumas

Tb enjoa

Afinal o tamanho conta

Anedotico

Msg tele

Mensagens do meu telemove...

SExta feira

Um recado ao buxe

arquivos

Novembro 2007

Outubro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Novembro 2006

SAPO Blogs

subscrever feeds