Terça-feira, 30 de Outubro de 2007

A primeira vacina contra o Papilomavírus Humano (HPV)

 

 

Está já à venda em Portugal a primeira vacina contra o Papilomavírus Humano (HPV).

Esta vacina quadrivalente tem como alvos os quatro tipos de vírus 6, 11, 16 e 18 que, em conjunto, são os responsáveis pela maioria do espectro das doenças genitais associadas ao Papilomavírus Humano. As primeiras duas mil doses, sob a designação comercial de Gardasil, estão já disponíveis nas farmácias e não são comparticipadas.

A vacina deve ser administrada a crianças e adolescentes de ambos os sexos, entre os 9 aos 15 anos, e a mulheres dos 16 aos 26 anos. O esquema de vacinação inclui três doses, cada uma no valor de 160 euros.

Na Europa, a vacina é já utilizada na Áustria, Alemanha, Finlândia, Suíça, Reino Unido, Irlanda, Bélgica, Dinamarca, Holanda, Luxemburgo e França. É em Portugal, no entanto, que o cancro do colo do útero apresenta uma das mais altas taxas na União Europeia: 958 novos casos por ano, que vitimam cerca de uma mulher por dia.

O HPV é muito frequente. Estima-se que cerca de 70% dos indivíduos sexualmente activos estejam expostos a este vírus em alguma altura das suas vidas, normalmente enquanto adolescentes ou jovens adultos.

 

Nota : Em muitos casos este virus HPV não é detectado no exame de Papanicolau.


publicado por Maxima às 14:43
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Shadow_Fighter a 30 de Outubro de 2007 às 14:54
A Vacina que tu falas já está disponível no mercado farmacêutico há perto de um ano, com a apresentação de Gardasil . Neste momento já existe uma concorrente à gardasil também disponível, mais barata e com a mesma eficácia. É verdade que ainda não o é comparticipada pelo estado, mas está em estudo a sua comparticipação no escalão de 36 % que poderá não ser muito, mas já ajudará, dado que como são ao todo 3 doses, sai caro a sua completa vacinação. A vacinação está principalmente indicada a crianças a partir dos 11 anos, do sexo feminino , dado que é a partir dos 11 anos que, na sua maioria das vezes, se inicia a puberdade. E para ser dada até aos 26 anos, mas também já foi verificado a sua eficácia até aos 35 anos, se não houver antecedentes de infecção, pois verificou-se a sua eficácia não só a estirpes destacadas neste teu post mas a outras também que ainda estão em estudo na sua influência no Cancro do Colo do útero promovido por HPV .



De Maxima a 30 de Outubro de 2007 às 16:33
Obrigado pelo teu util comentario.
Falta só a boa noticia de ser comparticipada pelo estado. Acho que se pouparia mais em tratamentos se todas as classes fossem vacinadas gratuitamente.
Afinal...quando se confirma o hpv ou outras estripes sai mais caro ao estado so o tratamento tais como as biopsias e colposcopias ansas e etc ... do que propriamente a vacinaçao .
Todos lucravam.
Um abraço
M@xima


Comentar post

M@xima

pesquisar

 

Novembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
17

18
24

25
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Condemnation

Pensando

Regras dos homens

silencio

Facil demais

Feridas ocultas

Faz-me acreditar

Bliss

Disfarçe

Injustiças

Jura

Doce tentação

Caipirinhas

Sentir

Poderosa

A moment like this - Kell...

Fui-se-me

Fim de semana

23 de novembro

Valor do beijo

waiting for miracle

Longo dia

Sabia bem...

Inveja

Acidente matinal

Acidente

Mais um dia

ha dias e dias

Tailandia

Lugar de sonho

Fever

A Frente

Escolha

Em jejum (ainda)

Secretamente

Anedota do dia

Poliglota

Pinheiro

A minha compra

Amanha...

Saudades da neve

Já te disse?

Mais algumas

Tb enjoa

Afinal o tamanho conta

Anedotico

Msg tele

Mensagens do meu telemove...

SExta feira

Um recado ao buxe

arquivos

Novembro 2007

Outubro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Novembro 2006

SAPO Blogs

subscrever feeds